Metodologia

Para compreendermos a metodologia do CEMP, é necessário, a priori, uma definição do que se entende por metodologia no contexto escolar.

Nas escolas, a metodologia se apresenta como o conjunto de procedimentos que amparam a proposta pedagógica, organizados para conduzir a prática escolar, isto é: como fazer, na prática, para alcançar os objetivos e metas idealizados pela Instituição.

Nossa metodologia propõe a construção do conhecimento, considerando os estágios de desenvolvimento do educando através da aquisição dos conteúdos necessários para o preparo efetivo às tarefas profissionais.

A metodologia propõe, ainda, a interação dos indivíduos, compreendendo que o conhecimento se constitui na relação com o outro, através da linguagem e do respeito às diferenças. Segundo o educador Paulo Freire, ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo.¹

Destacamos, também, como um de nossos objetivos precípuos, a valorização dos saberes trazidos pelo aluno, desafiando-o sempre e incentivando seu espírito investigativo para, a posteriori, promover uma sistematização e consolidação destes conhecimentos.

Esta proposta parte de um contexto interdisciplinar, onde a articulação dos diversos campos de conhecimento dialoga permanentemente, tornando significativo e coerente o aprendizado escolar.

Torna-se importante ressaltar a participação ativa do professor e do aluno nesta busca aos objetivos traçados na proposta pedagógica, pois acreditamos ser esse o único caminho para o alcance da autonomia e da verdadeira cidadania através da formação de um ser crítico e reflexivo.


¹ FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 27 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987, p. 68.