Educação Infantil

“ A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades:

• desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações;

• descobrir e conhecer progressivamente seu próprio corpo, suas potencialidades e seus limites, desenvolvendo e valorizando hábitos de cuidado com a própria saúde e bem-estar;

• estabelecer vínculos afetivos e de troca com adultos e crianças, fortalecendo sua autoestima e ampliando gradativamente suas possibilidades de comunicação e interação social;

• estabelecer e ampliar, cada vez mais, as relações sociais, aprendendo aos poucos, a articular seus interesses e pontos de vista com os demais, respeitando a diversidade e desenvolvendo atitudes de ajuda e colaboração;

• observar e explorar o ambiente com atitude de curiosidade, percebendo-se cada vez mais como integrante, dependente e agente transformador do meio ambiente e valorizando atitudes que contribuam para sua conservação;

• brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

• utilizar as diferentes linguagens (corporal, musical, plástica, oral e escrita) ajustadas às diferentes intenções e situações de comunicação, de forma a compreender e ser compreendido, expressar suas idéias, sentimentos, necessidades e desejos e avançar no seu processo de construção de significados, enriquecendo cada vez mais sua capacidade expressiva;

• conhecer algumas manifestações culturais, demonstrando atitudes de interesse, respeito e participação frente a elas e valorizando a diversidade.” ¹


A fim de assegurar que sejam atingidos as finalidades e os objetivos expressos descritos anteriormente, o Centro Educacional Marapendi tem por princípios:

a) complementar a ação familiar no que tange à aquisição de hábitos, atitudes e comportamentos sociais;

b) educar, com vistas à formação da autonomia moral do aluno;

c) introduzir, gradativamente, a criança num contexto social mais amplo, proporcionando uma interação baseada no respeito à diversidade;

d) assegurar o preparo necessário ao ingresso no Ensino Fundamental

Observada a faixa etária, a matrícula inicial é feita em quaisquer das séries, depois de uma entrevista prévia com a criança e os Pais, junto à Equipe Técnico-Pedagógica.

Exceto na eventualidade da inexistência de vagas, a matrícula na Educação Infantil, quer inicial, quer por transferência, pode ser feita em qualquer época do ano letivo, assegurando o direito de renovação da matrícula para a etapa imediatamente posterior, de acordo com o previsto no Regimento Escolar.


De acordo com o que dispõe a Deliberação E/CME nº 22, de 02 de agosto de 2012 e a Resolução nº 06 de 20 de outubro de 2010, seguem abaixo as idades para matrícula na Educação Infantil:

Maternal I - 2 anos completos até 31/03/2018;

Maternal II - 3 anos completos até 31/03/2018;

Pré-Escola I - 4 anos completos até 31/03/2018;

Pré-Escola II - 5 anos completos até 31/03/2018.



¹ Referencial curricular nacional para a educação infantil: MEC/SEF, 1988 – Vol.1 3v.:il. P.63